Primeiro livro já disponível

O Lugar das Árvores Tristes

O Lugar das Árvores Tristes

Escritora

Um livro (no mínimo) maravilhoso

Peguei neste livro porque a capa me saltou à vista, numa das minhas infindáveis visitas à Bertrand. Nunca tinha ouvido falar nele. Li a sinopse e foi quanto bastou. Achava eu que isso era assim a epítome do que tinha em mãos. Inocente! Mal sabia eu que estava perante um dos meus preferidos deste ano (e ainda só estamos em Setembro…).

Comecei a lê-lo imediatamente e levei um chapadão logo na primeira página. 



Não dá para uma pessoa não se apaixonar imediatamente por um livro que começa assim, pois não? Aqui a coisa foi ainda mais grave: li isto e pensei “queria ter sido eu a escrever esta primeira página!”

Esta é a história de Adelaida que, no meio da convulsão social venezuelana, com o país a desfazer-se, perde a mãe e todas as razões para ficar. É uma história sobre sobrevivência e vontade de viver sem medos. No meio de perdas e acasos, Adelaida encontra forma de escapar ao inferno que se vive em Caracas.

Neste livro, senti muita da “vibe” que tinha sentido em “Terra Americana“, onde uma mãe luta para salvar o filho das garras de um cartel mexicano, fazendo com ele a perigosa rota dos migrantes em direcção aos Estados Unidos – e este livro foi um dos meus preferidos do ano passado.

A escrita de Karina Sainz Borgo é lúcida, dura e capaz de nos rasgar a carne. Este seu primeiro romance garante uma escritora que vale a pena seguir e a quem garantidamente não perderei o rasto. Leiam isto. À confiança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *